• Marsurvivor

Sobrevivencialismo Urbano: Cuidado nos coletivos


A regra de ouro da autodefesa e do sobrevivencialismo urbano é a prevenção. Quando estamos em áreas de uso coletivo sempre devemos redobrar nossa atenção com possíveis agressores e analisar o ambiente onde estamos adentrando e ainda estabelecermos previamente protocolos para saber como agir em deteminada situação de crise. No caso de transporte coletivos não é diferente. Um ambiente atrativo para os mais diversos tipos de criminosos: ladrões, batedores de carteiras, agressores sexuais, entre outros.


Nesta postagem vamos conhecer algumas dicas que podem tornar a nossa viagem mais segura em nossa jornada diária.



Evitando pesadelos no coletivo

Fato é que grandes centros comerciais, avenidas, parques, rodoviárias e aeroportos são locais de maior ocorrência de roubos e furtos de celulares, portanto, toda atenção é importante nesses locais. Geralmente os assaltantes acompanham a vítima e, ao menor sinal de desatenção do usuário, ele age. Aqui vamos a algumas dicas que podem auxilia-lo e até salvá-lo em sua jornada do dia a dia:


- Na hora de pagar a passagem, dê preferência a vales-transporte ou cartões magnéticos. Jamais conte dinheiro em vias públicas ou dentro do ônibus. Separe antes o valor da passagem, para não mostrar o dinheiro na hora de pagar a condução. Evite com isso a exposição do seu dinheiro na hora de pagá-la;


- Evite levar muito dinheiro na viagem, nem deixe a carteira no bolso de trás, isso evitará que alguém possa saqueá-lo furtivamente sem que você se dê conta;


- Nunca caminhe nos terminasis de ônibus, estações de metrô ou trêm com o aparelho celular nas mãos. Se estiver andando na rua, procure um estabelecimento comercial ou um local mais seguro para usar seu aparelho;


- Fique atento à movimentação de pessoas estranhas. Se sentir que alguém está te seguindo, procure permanecer em um local com bastante movimento de pessoas ou procure um policial ou segurança no local;


- Evite viajar em ônibus ou vagões de metrô e trêm vazios;

- Para esperar o ônibus, procure as paradas mais movimentadas ou localizadas em frente a estabelecimentos comerciais;

- Dentro do ônibus, mantenha a calma se o coletivo for invadido por ladrões. Não encare os bandidos ou tente dialogar com eles. Se houver oportunidade de se desfazer;


- Preste atenção nas pessoas que desembarcarem com você, caso desconfie de algo, procure o primeiro lugar habitado e peça ajuda;


- No interior de ônibus com poucos passageiros, sente-se próximo ao motorista ou cobrador;


- Dentro do coletivo, coloque a carteira, a bolsa, pacotes ou sacolas à frente do seu corpo;


- À noite, principalmente, evite viajar em vagões vazios do metrô ou trem;


- Evite sempre o uso ou exposição de objetos de valor em coletivos: correntes, pulseiras etc;


- Os punguistas costumam agir próximos  à porta de embarque e de desembarque. Portanto, evite posicionar-se nessa região por longos trechos;


- No metrô, caso esteja próximo à porta, evite pegar o celular quando o veículo parar em uma estação. O assaltante espera esse exato momento para agir, e você poderá ficar sem o aparelho;


- Se sentar junto à janela, fique atento e não abra muito o vidro. Em ônibus superlotado cuidado com pessoas que insistem em conduzir seus pacotes ou bolsas;


- Cuidado ao entregar seus pertences para desconhecidos que estejam sentados e que se ofereçam para ajudar. Apesar de a atitude ser nobre, é melhor entregar apenas os objetos que não possuem riscos de serem furtados ou mesmo agradecer o favor, mas não aceitar. Bolsas são alvos fáceis para os ladrões mais ágeis, que podem tirar algo sem que você perceba;


- No trem ou metrô evite horários de grande movimentação se você estiver carregando muitas sacolas: além de diminuir as chances de roubo de itens que você está transportando, você evita apertos e consequentes rasgos nas bolsas, perdendo o que está levando;


- Viajando de ônibus, não abandone nem desvie sua atenção da bagagem;


- Viajando de ônibus, prefira colocar sua bagagem de mão no bagageiro do lado oposto ao seu assento e fique atento nas escalas, evitando que outros passageiros retirem sua bagagem;


- Se estiver com uma criança de colo, mesmo que ninguém ceda o lugar, nunca a entregue aos cuidados de pessoas desconhecidas. Mantenha as crianças, independente da idade, próximas ou sobre sua visão;


- No caso de o veículo ser invadido por criminosos armados, procure manter a calma e nunca reaja. Lembre-se de que os infratores costumam estar tão nervosos quanto você, o que os deixa mais suscetíveis a ações precipitadas. Além disso, eles podem estar sob efeito de alguma substância psicotrópica, o que também facilita reações violentas. Entregue o que for solicitado. Lembre-se: sua vida é muito mais importante do que qualquer bem material.



Evite distrações

Ler um livro, revista, quadrinhos, apesar de parecer prazerozo para sair da monotonia da longa viagem no coletivo isto te deixa vulnerável. O mesmo vale para usar o celular: ficar interagindo em redes sociais, brincar com jogos, etc. Também evite os fones de ouvido, mesmo que o percurso seja longo e que uma boa música ajude a passar o tempo, esse é um risco que pode ser eliminado. Criminosos escolhem suas vítimas pela fragilidade e vulnerabilidade, além de analisarem o que elas trazem de valor e que podem ser levados.

Para evitar chamar atenção, coloque seu aparelho no modo vibratório ou silencioso. Dentro do semáforo da violência ou código de cores utilizada na área de segurança você está nesta situação na categoria verde, ou seja sua atenção em relação ao ambiente está comprometida se transformando num alvo perfeito para possiveis predadores e ao mesmo tempo caso aja uma situação que precise de uma situação imediata como uma fuga isto irá te prejudicar.



Ficar acordado na viagem

Sim, é tentador tirar um cochilo depois de uma exaustiva jornada de trabalho e ainda mais com um longo trajeto de volta ao lar, mas você dentro da escala do semáforo da violência etá na área branca, a mais vunerável de todas. Além de nossos pertences ficarem mais acessíveis praticamente pode acontecer qualquer coisa com você sem a mínima chance de reação, até mesmo uma fuga, imagine por exemploi um grupo de criminosos invadindo o ônibus com a intenção de queima-lo e você dormindo profundamente enquanto as fumaças de carbono começam a subir e entram na sua via respiratória.



Assédio sexual em viagens - transportes coletivos

Transportes coletivos são lugares propensos a ação de homens mal intencionados. Esse tipo de assédio sexual em viagens pode ocorrer em ônibus, metrôs e trens, e mesmo táxis com lotação. Se você passar por situações em que a pessoa que sentar ao seu lado ou que estiver em pé muito perto de você tente alguma forma de assédio, mude-se de lugar. Caso não seja possível não fique calada mencione alto para que a pessoa se envergonhe e pare (preferencialmente falando educadamente), isso irá despertar a atenção de outras pessoas e pode inclusive fazer com que outros saiam em sua defesa.


Tente sentar sempre no banco do corredor e na parte da frente do ônibus Outra dica é tentar ficar sempre na parte da frente do ônibus. Assim, caso haja alguma atividade suspeita, você poderá falar mais facilmente com o motorista, que deve ajudá-la a tomar as medidas cabíveis. Além disso, quando se sentar, priorize os bancos perto do corredor, pois fica mais fácil fugir de situações de perigo.

Afastar as tentativas com seus braços e cotovelos pode servir como um "eu sei o que você está tentando fazer e não irei permitir". Certifique-se para não cometer equívocos


Combate em ambientes fechados

Caso aja uma situação de conflito envolvendo risco e precise de defender ou proteger outra pessoa lembre-se em ambientes fechados golpes curtos e contundentes como: cotoveladas, cabeçadas, joelhadas, torções e estrangulamentos. Neutralize a ameaça o mais rápido possível e também lembre sempre de ficar a tento a sua volta para não ser surpreendido por amigos do agressor. Não esqueça de montar seu Everyday Carry Combativo ele pode te proteger e salvar.




Como fazer a denúncia?

- Se notar algo estranho no transporte, procure, cautelosamente, avisar ao motorista ou ao cobrador. Eles são orientados e saberão como proceder;


- Caso você sofra assédio sexual no ônibus, não fique calada. Em primeiro lugar, fale com o motorista: ele deve ajudar você a chegar à delegacia mais próxima, onde você deve fazer a denúncia e dizer que quer processar o criminoso para que ele vá a julgamento. Para que tudo dê certo, consiga o máximo de informações sobre o agressor: a roupa que estava usando, sinais físicos e até fotos ou vídeos;


- É importante conhecer o número da Central de Atendimento à Mulher: 180. Você pode fazer a ligação a qualquer momento (inclusive se ainda estiver no ônibus em que sofreu o abuso ou viu outra pessoa ser abusada), e os profissionais do outro lado da linha vão lhe orientar sobre como agir e quais providências tomar;


- Outra maneira de denunciar — que pode ajudar a melhorar o serviço de ônibus que você utiliza — é fazer uso de aplicativos de mobilidade urbana. Essas ferramentas on-line geralmente permitem que você envie denúncias, comentários e sugestões: basta baixar o aplicativo específico para o seu transporte e descrever o que aconteceu. Dessa forma, a empresa responsável saberá dos casos de assédio e poderá tomar as medidas necessárias para tornar os ônibus mais seguros para os seus usuários.


Saber como se proteger do assédio sexual no ônibus é muito importante e pode fazer toda a diferença caso um desses atos venha a acontecer com você ou com alguém que você conheça. Por isso previna-se sempre e denuncie qualquer tipo de agressão ou violência sofrida.









Dúvidas? Sugestões? Deixem nos comentários. E nos ajude a lutar por uma internet livre onde possamos aprender e compartilhar conhecimento, sem restrição.

Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos.

23 visualizações
output_aBa1uU.gif
aaaaa1.png

Curta nossa página no Facebook:

Nossas redes sociais:

CONFACMARS.gif

Autor: Marcos Ribsantos

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Contador de Visitas

Contador de Visitas

thomas-richter-pistol-blue-turntable.gif

Biblioteca de Armas

Centro de Estudo MARS de Sobrevivenciali

Nossas redes sociais:

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
output_HFM1Yq.gif
CSINerd.png

©2017 by Centro de Estudo MARS.