• Marsurvivor

Sobrevivencialismo urbano: Conto de terror natalino

2021, mais um ano que chega, menos para as milhares de vítimas de homicídios e latrocínios

2021, mais um ano que chega, menos para as milhares de vítimas de homicídios e latrocínios. Ainda sim foram milhares de presos beneficiados com a saidinha de Natal, 33. 563 mil só no estado de São Paulo, sendo que em quatro anos 24,4 mil não voltaram depois de serem beneficiados, mas por que começo este ano com este artigo? No ultimo sábado um criminoso ao avistar uma blitz da polícia militar empreendeu fuga, e em meio a perseguição perdeu o controle do carro e bateu em outro carro que estava em um cruzamento. Neste carro havia uma família, o casal a frente, e no banco de trás um menino de dez anos e uma menina de oito meses no banquinho. O carro que o criminoso empreendia fuga em alta velocidade acertou com tudo na porta de trás do carro onde se encontrava o menino, a criança foi ferida gravemente chegando a perder um pouco de massa encefálica. A PM prendeu o indivíduo e socorreu a criança uma vez que não podia esperar a ambulância chegar devido a gravidade dos ferimentos, o menino depois de duas cirurgias no pronto socorro e doze horas acordou e reconheceu os pais que choraram de emoção e alegria. Um dos PMs chegou a pedir o nome do menino para o pai para levar em sua igreja para fazer uma corrente de oração para pedir a recuperação do menino. E o criminoso? Na carceragem na delegacia sorrindo por ter tentado escapar e falando: é nóis.


Mas por que conto este caso tão triste em meu primeiro artigo? Por que é um caso de horror entre os milhares. Muitos só enxergam a gravidade da situação em que vivemos quando é atingido nesta guerra urbana. Em um país onde a corrupção domina todas as esferas do poder público, onde ocorrem cerca de 65 mil homicídios e latrocínios anuais, 62 mil estupros, milhares de desaparecidos, milhões de roubos e furtos existem mais de 110 facções criminosas espalhadas em todo o país (consulte nosso sistema Confac) em guerra por território para venda de drogas. Um país onde o poder público impede o cidadão de se defender alegando que é responsabilidade do Estado tal ato. Uma mídia vermelha que insiste em afirmar que a polícia é racista e mata crianças pobre negras. Em alguns estados existe até legislação proibindo o porte de faca. O centro de estudo MARS foi tirado do ar em junho de 2019 depois de publicar artigos sobre a situação política do país, sendo alegado que propagava ódio. Nós combatentes urbanos neste novo ano e nesta nova década que se inicia devemos nos perguntar até quando ficaremos em silêncio nesta ditadura ideológica de esquerda, onde o criminoso (revolucionário na visão marxista) é protegido em detrimento a segurança e a vida do cidadão. Até algum membro de nossa família ser atingido? Deixo este pensamento para este ano que se inicia, um bom ano pra todos os irmãos sobrevivencialistas e muito obrigado pela eterna força que vocês nos dão com o vosso apoio. Semper fie.


Lembre-se: O sobrevivencialista e combatente urbano faz seu próprio caminho, é o seu próprio mestre, não procure por um Mestre Yoda pra chamar de seu. Seja questionador, faça cursos em lugares credenciados com profissionais com experiência em área de segurança. Afinal autodefesa é um investimento para proteger a sua vida e daqueles que o cerca. Sempre fie.

Dúvidas? Sugestões? Deixem nos comentários. E nos ajude a lutar por uma internet livre onde possamos aprender e compartilhar conhecimento, sem restrição.


Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
output_aBa1uU.gif
aaaaa1.png

Curta nossa página no Facebook:

Nossas redes sociais:

CONFACMARS.gif

Autor: Marcos Ribsantos

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Contador de Visitas

Contador de Visitas

thomas-richter-pistol-blue-turntable.gif

Biblioteca de Armas

Centro de Estudo MARS de Sobrevivenciali

Nossas redes sociais:

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
output_HFM1Yq.gif
CSINerd.png

©2017 by Centro de Estudo MARS.