• Marsurvivor

Distopia Social: Homens de fraudas, a decadência final


Pandemia, crise financeira, superpotências trocando farpas, caos institucional generalizado no país e homens usando fraudas. Isso mesmo, se você achava que o homem moderno tinha chegado ao limite da decadência psicológica e moral verá que infelizmente estava completamente enganado, sempre pode piorar. Um novo movimento está vindo com tudo e já está presente em vários países inclusive no Brasil: Age regression ou infantilismo. Homens adultos que não se identificam como adultos mas como bebês, e nesta pratica absurda agem e falam como bebê, usam fraudas, chupetas e mamadeiras. Hoje pra se ter uma ideia já existem canais no youtube ensinando adultos a usarem fraudas, como sujar a frauda de "maneira correta", como aquecer a mamadeira, e outros atentados a sanidade.


O profeta vermelho Marx pode ter morrido e ido para o inferno, mas o seu evangelho decadente e pernicioso se espalhou pelo mundo com seus apóstolos da escola de Frankfurt. Liberação de drogas, aborto, ideologia de gênero, estatização da propriedade privada, luta entre homens e mulheres, pais e filhos, um verdadeiro roteiro do apocalipse. E agora depois de tantas aberrações que vemos a cada dia como mulheres com crucifixo enfiado no ânus, linguagem neutra sendo adotada por escolas, universidades, mídia, chegamos ao homem bebê. Nesta matéria vamos falar sobre mais um mal que vem no horizonte originado do inferno marxista e que visa atingir o seu filho.


O que o age regression representa?

Bebê adulto: homem foi demitido de vários empregos por usar fraldas. Fonte: https://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/09/2020/homem-e-demitido-de-empregos-por-usar-fraldas-infantil


O movimento Ageplay, Age regression ou infantilismo é uma forma de encenação que está sendo cada vez mais difundida pelo mundo com milhares de adeptos, na qual um indivíduo age ou trata outro como se ele tivesse uma idade diferente da idade real dele. O que isso representa para nossa sociedade?


O homem bebê representa a involução do milhões de anos do homem caçador/coletor, representa o abandono total da responsabilidade pela própria vida e do destino. É um atentado pessoal e contra a raça humana em sua estrutura. Mais do que isso esse movimento infatilista representa um perigo real contra crianças reais, uma vez que adultos vivem e praticam sexo vestidos e agindo como bebês estão desenvolvendo psicologicamente insensibilidade e gatilhos distorcidos sobre o que representa a pureza de uma criança, pulsões inadequadas associando prazer sexual e a imagem de bebês, propiciando um cenário onde a pedofilia possa ser visto como uma normalidade daqui a alguns anos em nossa sociedade, onde os padrões morais já estão desaparecendo e sendo substituído pela revolução onde "tudo é possível". Onde o homem pode ser acolhido no seio da grande mãe socialista.


Quando se é doutrinado por vertente esquerdistas para rejeitar tudo que é moral, divino e perene, se perde uma linha divisória importante entre a humanidade e a bestialidade, entre o bem e o mal. Devemos trazer conosco um código pessoal, termos uma bússola moral é necessário pois a liberdade apesar de absoluta não é desprovida de responsabilidade. E a cada escolha e atitude criamos ondas que se ramificam, o chamado "efeito borboleta". Diante deste novo horror, o age progression, os pais a cada dia devem cuidar de seus filhos por dois grandes motivos: para que eles sejam fortes, sendo um cidadão de valor que proteja sua família e ajude a preservar e desenvolver a sociedade e ainda que não seja alvo de predadores famintos por destruir a inocência.


Veja os vídeo abaixo se estiver estômago:


Dúvidas? Sugestões? Deixem nos comentários. E nos ajude a lutar por uma internet livre onde possamos aprender e compartilhar conhecimento, sem restrição.

Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos


E não esqueça de visitar nossa biblioteca sobrevivencialista virtual, clicando na imagem abaixo:



Sobreviva a tudo e a todos. Seja o seu próprio Mestre. Autodefesa levada à sério.


Grupo Centro de Estudo MARS de Sobrevivencialismo Urbano

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo