• Marsurvivor

Combate Extremo: É possível treinamento de autodefesa sozinho?

Muitas pessoas por morar em locais afastados onde não há academias de autodefesa, não tem pessoas de confiança para treinar em conjunto, ou ainda não tem dinheiro para este tipo de investimento mas querem se preparar, fazem este tipo de questionamento: É possível treinar autodefesa sozinho? Neste artigo vamos falar sobre possibilidades do treino individual para autodefesa.



Eu e eu mesmo

Isto é uma coisa bem longe do ideal, na verdade não chega nem perto do básico para a pessoa se preparar para um confronto violento e feroz. Se você nunca treinou nada, a minha resposta sinceramente é não. Ela pode de desagradar mas prefiro que entenda a verdade, seria muito irresponsável de minha parte se dissesse o contrário. Seria como se eu dissesse que é possível aprender a nadar sem que entre na água, apenas com teorias sobre natação e vídeos ensinando as técnicas de braçadas, isto não existe. Assim como estudar violão sem ter violão vendo vídeos. Muito pior é querer aprender sozinhos tecnicas de autodefesa para usar para salvar sua vida e de outra pessoa apenas lendo e assistido teorias. Imagine aprender a manusear uma arma de fogo sem ter uma arma de fogo apenas assistindo a vídeos.


Entenda: treinar sozinho em si não é o problema, se você é uma pessoa que já treinou pelo menos uns seis meses aprendeu o básico em alguma academia de boxe, muay thai, etc, e já sabe como socar, defesas e chutes pelo menos uns oito meses a um ano. Assim você estará apenas treinando e desenvolvendo um conhecimento que já possui, ou seja é um treinamento de manutenção e desenvolvimento. O complicativo é se nunca praticou nada, ficar socando o ar com movimento e posturas erradas podem acabar te ferindo articulações, distendendo musculatura e te preparando da maneira errada para o confronto real. Sem nenhuma base, é como se você fosse um escultor querendo criar uma estátua sem ter matéria prima para esculpir. Nada na vida surge do nada, a não ser superstição e ignorância.


É melhor você admitir suas limitações e focar em alternativas como evitar riscos de confrontos, agindo de maneira preventiva, saber negociar para sair do conflito ou outro  recurso é  fugir. São alternativas mais do que treinar de forma inadequada. Outro grande problema, se você nunca treinou em lugar nenhum e não tem parceiro de treino mesmo que assista bons instrutores na internet te ensinando a golpear isto nunca vai substituir a experiência real. Você precisa aprender como é golpear alguém e também aguentar o impacto de golpes, aprender o timming para entrar, sair, esquivar, e contra golpear, esquivar e contra golpear.   


Então sim, é possível, treinar sozinho e não aprender sozinho, apesar de não ser a melhor opção, é sempre o ideal que você tenha parceiros de treino para que você possa interagir e desenvolver. Melhor focar em alternativas como evitar, agindo de maneira preventiva,ou saber negociar para sair do conflito ou em ultimo recurso fugir do que treinar de forma inadequada. Mas vamos imaginar que você tenha treinado alguma arte marcial pelo menos uns oito meses a um ano, e aprendeu pelo menos socar, chutar e fez algumas lutas neste período, ai sim é possível você fazer algum treino:


Comprando equipamento adequados como saco de treino, luvas, fazer um treinamento diário de meia hora. Vai te ajudar a manter o ritmo cardio respiratório e desenvolver sua força de impacto nos seus socos. Isso também como pular corda vai te ajudar no treinamento cardiorrespiratório que é muito importante, assim como faça pequenas corridas, caminhadas, para melhorar sua resistência. Sempre busque formas de deixar seu treino mais interessante e dinâmico.


Vídeos de autodefesa na internet - se você tem algum conhecimento e experiência também vai te ajudar e muito, tem muitos profissionais bons que gostam de compartilhar conhecimento. Contudo sempre seja crítico e analise o que é útil e o que é fantasioso. Você vai encontrar de tudo na internet aprenda a filtrar. Lembre que na rua não tem regras, e não é um filme. Movimentos bonitos e mirabolantes geralmente são apenas isso, não ajudam em um cenário violento do dia a dia. Estude também anatomia humana e áreas vulneráveis, sempre leve seus estudo teóricos de autodefesa para o lado da ciência e fuja de fantasias e esoterismo.


Se interesse também por treinamentos com bastões e lâminas, pois na vida real precisamos de equalizadores de força, pois podemos encontrar cenários muito complicados. E também treinamento com bastões e lâminas te deixará mais ágil e desenvolverá seus movimentos. Isso sem falar que a habilidade com estas armas abrem a mente sobre as possibilidades de se utilisar armas improvisadas em uma emergência. E quando possível em um momento futuro e oportuno procure por bons cursos de autodefesa com professores credenciados e experiência em área de segurança. Ou pelo menos em um tempo próximo consiga algum parceiro de treino para que possa realmente desenvolver suas habilidades combativas.



Lembre-se: O sobrevivencialista e combatente urbano faz seu próprio caminho, é o seu próprio mestre, não procure por um Mestre Yoda pra chamar de seu. Seja questionador, faça cursos em lugares credenciados com profissionais com experiência em área de segurança. Afinal autodefesa é um investimento para proteger a sua vida e daqueles que o cerca.

Dúvidas? Sugestões? Deixem nos comentários. E nos ajude a lutar por uma internet livre onde possamos aprender e compartilhar conhecimento, sem restrição.

Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos





49 visualizações
output_aBa1uU.gif
aaaaa1.png

Curta nossa página no Facebook:

Nossas redes sociais:

CONFACMARS.gif

Autor: Marcos Ribsantos

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Contador de Visitas

Contador de Visitas

thomas-richter-pistol-blue-turntable.gif

Biblioteca de Armas

Centro de Estudo MARS de Sobrevivenciali

Nossas redes sociais:

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
output_HFM1Yq.gif
CSINerd.png

©2017 by Centro de Estudo MARS.