• Marsurvivor

Autodefesa: Seja seu próprio Guarda-costas!


Qual o propósito da autodefesa? Sobreviver, estar preparado para eventuais crises onde sua vida ou de seus entes queridos possa estar em risco. Resposta simples e talvez óbvia demais, mas que se perde no mercado de artes marciais oferecido na praça. Se faz um verdadeiro amalgama de combate esportivo, movimentos coreográficos, religião e filosofia oriental barata. Com isso a pessoa à procura de sua primeira experiência de autodefesa se vê em um emaranhado de desinformações que mais prejudicam do que ajuda (muitas vezes seria melhor nem ter aprendido para não se colocar em risco).


Assim sendo, o que você deve ter mente é o seu propósito puro e simples, que é se tornar o seu próprio Guarda-costas para se proteger e proteger a vida de sua família. E o que um Guarda-Costas VIP tem que saber? Técnicas de prevenção, técnicas de negociação e resfriamento de situação de conflitos, uso progressivo de força, combate corpo a corpo, uso de armas improvisadas, combate contra múltiplos agressores, anatomia humana, primeiros socorros, conhecimento de uso defensivo/ofensivo de arma de fogo, CQB,  killologia, legislação, entre outras coisas. Se veja como um profissional de elite pronto a ajudar a sua família em qualquer situação.


Ser um profissional de segurança é saber acima de tudo que a violência é necessária a manutenção da vida, e ela deve ser instrumentalizada para o bem,  se guiando na legítima defesa prevista e nossa Constituição e no Código Penal. Mas diante de tanta farsa e tanta desinformação no mercado marcial o que fazer para se tornar um bom guarda-costas? Primeiro, pesquise e selecione as matérias e habilidades que um segurança VIP deve possuir, depois procure cursos sérios credenciados e com profissionais com experiência em área de segurança. Esqueça artes marciais tradicionais com bobagens filosóficas vagas e seus misticismo que vai só lhe causar atraso no seu desenvolvimento combativo, perdendo tempo com "mestres" que nunca passaram por situações reais, interessados apenas em seu dinheiro. Seu objetivo como combatente e sobrevivencialista urbano é machucar de maneira efetiva, violenta e rápida seu oponente para neutralizar o problema da forma mais segura possível, sempre tenha em mente isto e nunca se afastará do seu objetivo principal dentro do combate urbano.


Lembre-se o grande espadachim Miyamoto Musashi (1585-1645), e Bruce Lee, são exemplos de autodidatas que foram atrás do conhecimento que precisavam e se reconstruiram como verdadeiros combatentes que marcaram suas épocas e deixaram um verdadeiro legado. Então se o seu objetivo é ser um combatente urbano não se preocupe com títulos, faixas-pretas, troféus, medalhas, sempre questione a eficácia do que está sendo te ensinado, foque no necessário e útil para se tornar uma máquina de combate.



Obras indicadas:


Livros:






O sobrevivencialista e combatente urbano faz seu próprio caminho, é o seu próprio mestre, não procure por um Mestre Yoda pra chamar de seu. Seja questionador, faça cursos em lugares credenciados com profissionais com experiência em área de segurança. Afinal autodefesa é um investimento para proteger a sua vida e daqueles que o cerca. Semper fie.

Dúvidas? Sugestões? Deixem nos comentários. E nos ajude a lutar por uma internet livre onde possamos aprender e compartilhar conhecimento, sem restrição.

Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

36 visualizações
output_aBa1uU.gif
aaaaa1.png

Curta nossa página no Facebook:

Nossas redes sociais:

CONFACMARS.gif

Autor: Marcos Ribsantos

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Contador de Visitas

Contador de Visitas

thomas-richter-pistol-blue-turntable.gif

Biblioteca de Armas

Centro de Estudo MARS de Sobrevivenciali

Nossas redes sociais:

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
output_HFM1Yq.gif
CSINerd.png

©2017 by Centro de Estudo MARS.