• Marsurvivor

Predadores urbanos: Demônios sobre a terra


Neste volume vamos falar sobre os predadores urbanos que montam verdadeiros impérios financeiros no mercado negro usando como matéria prima de suas ações nefastas crianças. São cerca de 40.000 crianças desaparecidas anualmente no Brasil. Rituais de magia negra, tráfico de órgãos e pornografia infantil são algumas dessas realidades que a população nega ou mesmo nem quer saber da existência ficando confortável em sua poltrona até que essa dura realidade chegue a sua porta.


Nesta postagens vamos abordar o funcionamento da industrias que vivem do sangue de crianças:



1.Rituais de magia negra

Reconstituição de morte de uma criança de nove anos em um ritual de magia negra em 2012.


Centenas de casos investigados e noticiados pelo Brasil e pelo mundo a industria ocultista arrecada milhões oferecendo prosperidade e felicidade por meio de saccrificios  humanos para satisfazer entidades satanicas. Interessante que em muito desses crimes são descoberto envolvimento de envolvimento de pessoas de cargos de destaque  ou mesmo empresários. Como exemplo vimos o caso em 2017 onde sete pessoas suspeitas de terem participado de um ritual satânico, que terminou com o esquartejamento de duas crianças no Rio Grande do Sul. De acordo com as investigações, o ritual satânico teria custado R$ 25 mil e sido encomendado por dois homens da cidade de Novo Hamburgo que almejavam “prosperidade nos negócios empresariais”.






Na época, pedaços de membros humanos como pés, braços, mãos, pernas e troncos foram encontrados por um catador de lixo em Lomba Grande, região rural do município de Novo Hamburgo, no Vale dos Sinos. Os restos mortais estavam dentro de sacolas plásticas e caixas de papelão as margens de uma estrada.


Segundo o delegado que investigava o caso na época, os restos mortais são de duas crianças argentinas (irmãos – um menino e uma menina), com idades entre 8 e 12 anos. “As crianças foram raptadas em troca de um caminhão roubado”, afirmou o delegado.



Outros casos que ganharam notoriedade pela mídia:







2.Tráfico de Orgãos

Na avaliação da Organização Mundial da Saúde (OMS), o tráfico de órgãos é hoje um dos mais lucrativos do mundo, respondendo por até 10% de todo o tráfico mundial. Estima-se que o mercado ilegal de órgãos atualmente seja o segundo crime mais lucrativo que existe. Perdendo apenas para o mercado de armas de fogo. De todos os transplantes renais que acontecem mundo afora, cerca de 5% e 10% acontecem por intermédio do comércio ilegal de órgãos.

Em 2015 médicos acusados de retirada ilegal de órgãos são presos em Poços, MG.


Segundo dados da OMS, países como a Índia, China, Paquistão e as Filipinas são muito procurados por comerciantes e pessoas ligadas ao tráfico de órgãos.


Segundo dados da Polícia Federal, esse tipo de negócio gera lucros para os envolvidos estimados entre 7 milhões a 12 milhões de dólares a cada ano. 


Grande parte das vítimas desta industria de órgãos são as crianças como neste vídeo abaixo onde diretora médica da clínica de Rocky Mountains, Dra. Savita Ginde, Estados Unidos. Em uma das declarações mais chocantes de toda a investigação, ela deixa subentendido que a sua clínica também coleta tecidos de bebês nascidos vivos. "Se algumas (mulheres) dão à luz antes que a gente consiga examiná-las para um procedimento – ela diz –, então eles (os bebês) saem intactos". Dentro do laboratório de uma clínica, enquanto alguns funcionários usam um prato para separar pedaços do corpo de um feto, Ginde diz aos falsos compradores que preferiria receber o pagamento pela parte do corpo coletada, ao invés de uma taxa fixa padrão para todo o material. "Eu acho que um negócio por peça funciona um pouco melhor, porque assim podemos ver o quanto podemos ganhar com isso", ela afirma.


Ao fim do vídeo, uma voz no fundo revela o sexo da criança que acabou de ser assassinada: " It's another boy! – É outro menino!". Veja o vídeo chocante:

Segundo a Global Finance Integrity, esses números só tendem a aumentar. Veja abaixo o mapa com a rota do tráfico internacional de órgãos:



3. Pornografia infantil

O abuso sexual contra crianças é uma das mais lucrativas indústrias globais. Dados levantados pelo juiz Walter Fanganiello Maierovitch – e apresentados por ele na Itália, em dezembro de 2000, durante a convenção da ONU sobre crime organizado transnacional – mostram a dimensão do mercado internacional da pedofilia. Segundo Maierovitch, o lucro anual com a pedofilia chega a US$ 5 bilhões. Vídeos envolvendo crianças rendem um lucro anual de US$ 280 milhões.


No Brasil neste mês de agosto a Operação Meu Zeloso Guardador prendeu 10 suspeitos por pornografia infantil em Goiás. Na segunda etapa de uma operação que, em outubro do ano passado, culminou com 28 autuações em flagrante, 10 pessoas foram presas em Goiás, suspeitas de armazenar e compartilhar imagens pornográficas de crianças e adolescentes.



Outros comércios envolvendo crianças:


Segundo estudos feitos pela OMT (Organização Mundial do Trabalho) o tráfico humano movimenta cerca de 32 bilhões de dólares por ano, em que 79% das vítimas são destinadas à prostituição, em seguida ao comércio de órgãos e à exploração de trabalho escravo em latifúndios, na pecuária, oficinas de costura e na construção civil.


Um total de 63,2 mil vítimas de tráfico de pessoas foram detectadas em 106 países e territórios entre 2012 e 2014, de acordo com o relatório publicado pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC).

De acordo com um artigo do Washington Times de 2009, o Taleban compra crianças a partir dos 7 anos de idade para atuarem como homens-bomba.

A UNICEF estima que 300.000 crianças menores de 18 anos estão atualmente traficadas para servir em conflitos armados em todo o mundo.



80% das pessoas vendidas como escravos sexuais têm menos de 24 anos e alguns são tão jovens quanto 6 anos de idade.


Vale lembrar que aqui no Brasil as facções criminosas em uma verdadeira manipulação hegemonica por meio da cultura marginal da ostentação se aproveitam da situação dos jovens da periferia e os recrutam como soldados do crime oferecendo dinheiro fácil e acesso ao consumismo de massa e prestigio junto a comunidade.





O que fazer?


Veja o vídeo abaixo dos predadores em ação sequetrando as crianças:



Um dos principais erros dos pais é descuidar da guarda das crianças, principalmente em áreas mais pobres é possível ver várias crianças sozinhas muitas vezes até mesmo de dois a quatro anos de idade brincando sozinho com outras crianças. Além do risco de sofrem acidentes como atropelamento se tornam alvos de predadores urbanos como vimos nos vídeos acima.



Crianças desaparecidas:


Obras indicadas:




Dúvidas? Sugestões? Deixem nos comentários. E nos ajude a lutar por uma internet livre onde possamos aprender e compartilhar conhecimento, sem restrição.

Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

27 visualizações
output_aBa1uU.gif
aaaaa1.png

Curta nossa página no Facebook:

Nossas redes sociais:

CONFACMARS.gif

Autor: Marcos Ribsantos

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Contador de Visitas

Contador de Visitas

thomas-richter-pistol-blue-turntable.gif

Biblioteca de Armas

Centro de Estudo MARS de Sobrevivenciali

Nossas redes sociais:

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
output_HFM1Yq.gif
CSINerd.png

©2017 by Centro de Estudo MARS.