• Marsurvivor

Protejam as crianças, os discípulos do Profeta Vermelho querem suas almas!


Ideologia de gênero nas escolas, aborto, descriminalização da pedofilia são algumas das principais pautas que os discípulos de Karl Marx batalham para implantar em todo o mundo em um verdadeiro movimento globalista. Um dos principais ideólogos da esquerda na atualidade, o ativista político e organizador de comunidades norte-americano Saul Alinsky em seu livro “Rules for Radicals” (Regras para Radicais), onde ele ensina a esquerda a mentir, acusar e manipular informações para vencer disputas políticas fez uma dedicatória a Lucifer que ele acredita ser o primeiro revolucionário:


“Devemos olhar para o passado e dar algum crédito ao primeiro verdadeiro radical. De todas as nossas lendas, mitologias e histórias, o Primeiríssimo Radical conhecido pelo homem que se rebelou contra o sistema o fez de forma tão eficaz que pelo menos conseguiu seu próprio reino, foi Lucifer."


O nosso patrono da educação o filosofo comunista Paulo Freire escreveu em sua obra que o estudante deve se tornar "hospedeiro da revolução". E ainda podemos citar a filósofa aclamada pela esquerda no Brasil, Marilena Chaui, que declarou em uma palastra para jovens estudantes que quem defende a família é "uma besta". Se você fizer uma correlação dos pensamentos destes destes autores comunistas fica fácil entender o que a esquerda marxista quer com nossas crianças: "As suas almas", não no sentido religioso, já que em sua grande maioria os comunistas são ateus mas acabar sim com a essência humana e consequentemente qualquer possibilidade de ligação consigo mesmo e o próximo. Idiotas úteis para a "grande causa" como diria, Vladimir Lênin, o líder da revolução comunista russa em 1917. Não é a toa que vemos hoje uma geração tão perdida de valores, onde tantos filhos estão matando os próprios pais.

As cenas acima do Carnaval mostram o quanto o socialismo busca destruir as bases morais do ocidente por meio da cultura.


A Guerra cultural arquitetada tão bem pelo filósofo marxista Antonio Gramsci no começo do século XX em sua forma teórica, ganhou força prática na atualidade com o engenhoso Saul Alinky com a criação de ONGs (Organizações não governamentais) em todo o planeta disseminando o vitimismo e o ressentimento entre grupos sociais como as suas principais armas, e a destruição dos valores morais e religiosos do ocidente.

A presença nas universidades brasileiras da ideologia comunista já tem décadas e deu origem vários intelectuais marxistas em diversos setores da sociedade, espalhando "a revolução marxista" criando um verdadeiro circulo vicioso.

Recentemente vimos no final de 2020 aqui no Brasil novamente a Ação direta de inconstitucionalidade (ADI 5668) para ensinar a ideologia de gênero nas escolas para crianças a partir de um ano e meio de idade ser colocado na pauta para votação no STF, onde as crianças aprenderiam sobre relações sexuais nas escolas, e que não existem conceitos de gênero como menino e menina, e que o cisgênero, nome desenvolvido pelos movimentos ideológicos para o heterossexual, seria o gênero atribuído a genitália, uma invenção criada pela "sociedade patriarcal machista". Claro que tais conceitos não possuem qualquer embasamento científico, vão contra décadas de estudo na área da medicina e da psicologia. Essa necessidade dos discípulos do profeta vermelho (Karl Marx), da descaracterização e desumanização dos seres humano é muito clara na frase de Saul Alinsky também de seu livro:


“O sistema que nós temos (a ordem social) é um sistema que vale a pena queimar”.





Mas como sabemos está é uma guerra em todo o cenário global. No Senado da Argentina, também no final do ano passado aprovou a poucos dias em 30 de dezembro de 2020 a legalização do aborto até a 14ª semana de gravidez. Nós vimos na mídia cenas chocantes de centenas de mulheres do movimento feministas argentinos celebrando a morte nas ruas. Sim, eles celebram a morte, a destruição da ordem estabelecida, da moral ocidental, a "Revolução Luciferiana" como sugeriu Saul Alinsky. Diante disso fica claro que devemos proteger nossos filhos, pois os filhos do Profeta Vermelho querem eles. (Leiam mais sobre a ideologia de gênero clicando aqui).

Mulheres de Grupos feministas celebrando a legalização do aborto de até 14ª semana de gravidez.



Obras indicadas:


Livros:



Dúvidas? Sugestões? Deixem nos comentários. E nos ajude a lutar por uma internet livre onde possamos aprender e compartilhar conhecimento, sem restrição.

Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
output_aBa1uU.gif
aaaaa1.png

Curta nossa página no Facebook:

Nossas redes sociais:

CONFACMARS.gif

Autor: Marcos Ribsantos

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Contador de Visitas

Contador de Visitas

thomas-richter-pistol-blue-turntable.gif

Biblioteca de Armas

Centro de Estudo MARS de Sobrevivenciali

Nossas redes sociais:

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
output_HFM1Yq.gif
CSINerd.png

©2017 by Centro de Estudo MARS.